Os nossos queridos leitores devem-se bem lembrar do Ramiro, um dos últimos a fazer a experiência “A Brompton Week“. Ainda não foi desta que investiu na pequena grande máquina britânica, mas o teste já o pôs a pensar de forma diferente. A escolha foi a Flex, a dobrável de roda 16” da nacional Órbita.

Interessados? Ainda temos uma em stock (a marca deixou de as fabricar).

//

This is Ramiro and his new 16” wheeler from the Portuguese builder Órbita. Ramiro was one of our interviewees at our “Brompton Week” and even though it isn’t the right time to invest in a Brompton yet, he has already changed the way he moves in Porto.

Etiquetas:, , , , , , , ,

A Ana escolheu uma Capri Berlin azul com o inevitável cesto da nossa colaboração com os nossos vizinhos do Saber Fazer para as suas deslocações aqui por Matosinhosdam.

Sim, as Berlin estão de volta às Megastores dos Duendes e ainda temos algumas disponíveis.

//

This is Ana and her new blue Capri Berlin. The basket, handmade in Portugal, is from our collab with Saber Fazer.

Etiquetas:, , , , , , , , ,

Esta bicicleta, uma inevitável Capri, foi mais ou menos uma surpresa para a Luisa, mas daquelas que se gostam de ter. Mais uma bicicleta bonita nas ruas do Porto.

//

This is Luisa and her new Capri Valentina

 

Etiquetas:, , , , , , ,

 

O João trouxe um novo projecto para o tratamento especial dos duendes. As peças não podiam ter chegado cá com mais bem acompanhadas, tendo vindo tudo bem embalado em bagagem Mission Workshop e Carradice e carregado numa Pelago Bristol.

//

João brought us a new vintage project. The parts couldn’t arrive in a better company. Mission Workshop, Carradice and Pelago

Etiquetas:, , , , , , , , , , , , ,

“Esta é a minha bicicleta para a cidade e para o trânsito. As outras são de piquenique. Sabes, nem devia dizer isto, mas por vezes, se for apanhado pela chuva, até a dobro e apanho um Cabify. Por falar nisso. Olha a poupança hoje que estive sem bicicleta. Vim para aqui vindo do Marquês para levantar a Brompton da revisão. Descontando ao valor da viagem o preço do Andante e um Z3 de ida e volta, acabei por pagar apenas mais dois euros, já que tive tempo de voltar a pedalar. A revisão foram só dez euros. Inteligente é pensar intermodal.”

Podes ler mais testemunhos no banco aqui.

//

“This is my bicycle for riding in the city. The others are picnic bikes. I probably shouldn’t be saying this, but every now and then, if it’s raining, I call a Cabify. Today I didn’t buy a travelcard or the Z3 round trip and only paid an extra of a bit more than two euros for a comfortable ride to Matosinhos. This time servicing my Brompton was really cheap, only cost ten euros. Thinking smart is thinking intermodal”.

You can read more from the “No Banco” series here.

 

Etiquetas:, , , , , , , , , , ,

 

Das mãozinhas santas do Edu saíu recentemente esta beleza. É uma custom feita de raíz para o Paulo, uma bicicleta de sonho para pedalar aqui em Matosinhosdam.

É um projecto urbano, montado num quadro de pista de produção nacional. A pintura foi personalizada com os logos Velo Culture e o nome do cliente. O quadro é aparentemente simples e minimalista, mas se olharem com atenção há pormenores discretos, como as peças feitas de raíz para tapar os furos do parafuso do travão. Para a testa fizemos uma placa com o nosso logo, coisa gordinha e que acaba por equilibrar o conjunto.

Edu just finished this beauty built on a new track frame (Portuguese made) with a custom paint job including our logos and the client’s name. We added some bespoke details, such as the head badge and the custom plugs covering the fork and seat stays brake holes. 

Etiquetas:, , , , , , , , , , , ,

Página seguinte »